Artes Taoístas do Destino

By Rafael • • 11 dez 2012

Wu Jyh Cherng Sacerdote Taoísta Kao Kon Fa Shi (Alto Oficio, Mestre da Lei) Presidente da Sociedade Taoísta do Brasil, autor de diversos livros sobre artes taoístas, tradutor do Tao Te Ching, do I Ching e outros clássicos do taoísmo.

A Astrologia Chinesa é a nova arte que está sendo ensinada atualmente na Sociedade Taoísta do Brasil. Poderia comentar sobre o assunto?

Existem vários tipos de astrologia chinesa. Estamos ensinando Zi Wei Dou Su, de origem taoísta, também chamada de Astrologia Polar. Os astros que compõem o mapa astral são, basicamente, a Estrela Polar, a Constelação da Ursa Maior, uma parte das estrelas de Sagitário e inúmeras outras estrelas. Também trabalha-se com onze casas e doze signos, porem, com significados e lógica diferentes da astrologia comum que conhecemos.

A característica da Astrologia Polar é uma analise detalhada dos inúmeros aspectos de uma pessoa, questões concretas, momentos de acontecimentos e possibilidades de realização de uma pessoa. A astrologia taoísta trabalha em três tópicos:

1. o psicológico, ligado ao temperamento e personalidade da pessoa. Serve para autocontrole.

2. a sociabilidade: sua projeção perante a família, superiores, inferiores, colegas e irmãos. Tem uma analise social mais acentuada.

3. a dedução dos acontecimentos concretos, físicos, materiais, de maneira clara.

E o Destino? Trata-se de livre arbítrio ou será escrito nas estrelas?

É uma mistura dos dois. Ao nascer, ao chegar nesse mundo, cada um de nós recebe uma potencialidade inicial. E essa potencialidade inicial – associada à mudança do tempo e do espaço, do ambiente físico e da época – vai se desdobrando, se projetando adiante. Chamamos isso de Destino. Esse Destino pode ser projetado através de calculo, pode-se deduzir prováveis acontecimentos e possibilidades na vida de uma pessoa. Porém, tudo isso não está rigidamente amarrado. A partir da projeção do tempo, podemos deduzir qual o provável destino que a pessoa viverá adiante. Por outro lado, o local que a pessoa habita está sempre sujeito a modificações. O local é resultado de construções e realizações sociais coletivas e não podem ser calculadas. Somando os dois, nosso Destino poderia ser projetado parcialmente. O Destino está mais ou menos traçado, mas não de forma rigorosa. Uma vez que se tenha consciência das potencialidades e possibilidades do Destino, a pessoa pode viver o momento atual e o futuro com bom ou mau aproveitamento. E isso pode significar uma vida totalmente diferente.

Existem alguns momentos cruciais em nossos destinos. Um passo à direita ou à esquerda pode determinar que os próximos dez anos sejam bem aproveitados ou longos anos de infortúnio. O livre arbítrio pode ser traduzido como a consciência sobre sua própria realidade e momento do destino e a consciência e força de vontade para optar pelo esforço construtivo e iluminação interna. Tomar as decisões certas no momento certo.

Como funciona o Oráculo do I Ching da Flor de Ameixeira?

O Oráculo da Flor de Ameixeira é um ramo do I Ching que trabalha como principio da naturalidade e sinceridade. É uma pratica originada de um mestre iluminado chamado Shao Yong, da Dinastia Son. É uma pratica que enfatiza a qualidade da interpretação. Está intimamente relacionada ao nível do desenvolvimento espiritual e o grau de quietude e serenidade que está no interior do Mestre de Oráculos. Enfatiza, ao mesmo tempo, o ágil raciocínio da mente, uma percepção sensível e intuitiva em relação ao ambiente e um profunda serenidade e paz como a base do trabalho do oráculo.

É profundo e dinâmico. Na Flor de Ameixeira, o Oráculo está integrado à pessoa que o pratica e não fora dela. Não necessita de varetas ou moedas. Tudo passa a ser o Oráculo, tudo se transforma em um sinal, desde o canto de um pássaro, até alguém batendo na porta, números, data d nascimento, letreiro de uma loja, enfim: todos os sinais da Natureza, viva ou morta, servem como mensagem para decifrar as duvidas que vêm à nossa mente. Por isso ele é incorporado ao dia a dia. Serve para que seus usuários e praticantes possam buscar a resposta sabia dentro e fora de si mesmos.

Qual o desenvolvimento do Feng Shui nos próximos cursos, já que a Sociedade Taoísta do Brasil transformou-se em referencia para profissionais e estúdios dessa arte?

No Feng Shui da nossa escola precisamos, pelo menos, estudar maciçamente de dois a três anos para dizermos que sabemos alguma coisa. E, se desejarmos aprofundarmo-nos, estudaremos maciçamente para o resto da vida. Nos cursos da Sociedade, já foram transferidas as técnicas de Feng Shui pertencentes à Escola Ba Zhai e a Estrela Voadora, da Escola Fei Xing. Com o decorrer do tempo, naturalmente serão ensinados outros conhecimentos, métodos cada vez mais superiores e refinados: Grandes Hexagramas, Método da Águas, Método dos Três Principio, e outros.

O que é essencial para o taoísta na vivencia do destino?

O essencial para o taoísta é libertar-se dos laços da vida e da morte, libertar-se do apego, da ignorância e alcançar a iluminação interior para ter uma clara visão da vida, da morte e das transformações. Superar todos os obstáculos e alcançar um estado elevado até, em ultima analise, tornar-se um ser altamente iluminado, um Mestre de Luz. Esse é o propósito inicial. Todo resto são práticas para melhorar a saúde e o destino, para se ter melhores condições para o desenvolvimento espiritual. É esse o propósito original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *