Curso de I Ching

By Rafael • • 11 dez 2012

Método Flor de Ameixeira TEORIA E PRATICA DE ORÁCULOS

Histórico

O I Ching, também chamado de Tratado das Mutações, é a pedra fundamental do pensamento chinês e a espinha dorsal do Taoísmo. Nele estão contidos inúmeros conhecimentos iniciáticos ainda desconhecidos no Ocidente. Um desses conhecimentos (ensinado na Sociedade Taoísta do Brasil) é o método de I Ching Flor de Ameixeira. Esse método combina em sua técnica de analise, alem dos 64 hexagramas do I Ching, os cinco elementos da medicina chinesa, dados astrológicos, divindades da astronomia clássica taoísta, e inúmeros tratados da antiguidade.

O Método da Flor de Ameixeira iniciou-se nos primórdios da cultura chinesa e foi aperfeiçoado, de maneira definitiva, pelo monge taoísta Shao Yong entre os anos 1000 a 1060 DC. Shao Yong é considerado uma das maiores autoridades do I Ching. Dentre seus conceitos fundamentais está o valor essencial que atribuiu ao I Ching como oráculo e instrumento de compreensão de vida. Isso, posteriormente, inspirou os intelectuais a o utilizarem como meio de desenvolver diversas escolas filosóficas. Ou seja, em primeiro lugar é um Oráculo, e um livro de filosofia, como conseqüência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *