Exercícios da Medicina Tradicional Chinesa Lian Gong em 18 Terapias

By Rafael • • 11 dez 2012

LIAN: treinar – GONG: trabalho persistente, refinamento

Profa. Fádua Gustin, Professora de Lian Gong – Sociedade Taoísta do Brasil

Jornal Tao do Taoísmo – n. 18 índice

Lian Gong é o trabalho persistente e prolongado de treinar e exercitar o corpo físico, com o objetivo de transformá-lo harmoniosamente. Esses exercícios foram elaborados na década de 70 pelo médico ortopedista e traumatologista, Dr. Zhuang Yuan Ming, residente em Shangai, China, e introduzidos no Brasil pela professora de filosofia e artes corporais chinesas, Maria Lúcia Lee, e, em Minas Gerais, pela professora Maristela Botelho. É uma prática corporal especialmente projetada para a prevenção e o tratamento de dores no corpo, e tem como característica básica o fato de tratar objetivamente e com simplicidade, de problemas específicos.

foto: A Profa. Fádua Gustin trouxe o Lian Gong da China e inicia curso na Sociedade Taoísta do Brasil

Segundo a [mtc|Medicina Tradicional Chinesa]], os fatores que influenciam no surgimento de dores no corpo podem ser externos – vento, frio, umidade e secura, ou internos – raiva, preocupações, tristeza, medo e euforia, além daqueles relacionados à má utilização do corpo em posturas inadequadas, ao sedentarismo, ao esforço excessivo ou, ainda, devido a lesões.

Sensações de dor e dificuldades de movimento, queixas muito freqüentes, podem ser tratadas de forma mais eficaz, através de uma prática regular que propicie uma movimentação correta, liberando músculos, fáscias, tendões, ligamentos e abrindo as articulações. Por meio da prática pode-se aumentar a vitalidade do corpo, atuando-se preventivamente, para evitar recaídas. O Lian Gong em 18 Terapias, portanto, é um modo de intervenção sobre o nosso corpo que possibilita o tratamento e prevenção de dores que de alguma forma nos criam empecilhos para a vida. Dessa forma, pode-se obter um restabelecimento da saúde e do bem-estar.

Neste sentido, o Lian Gong em 18 Terapias é uma alternativa de grande valor na prevenção e terapia da LER (Lesão por Esforços Repetitivos), ou melhor, da DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho. Nova denominação adotada pela Previdência Social) e outras síndromes músculo–esqueléticas crônicas. Além de trabalhar o alongamento e a flexibilidade, bem como o trofismo muscular e a coordenação, sua prática promove a reeducação postural e a identificação da imagem corporal, condições necessárias a um efetivo condicionamento físico global.

Ao sintetizar nas 18 Terapias seus conhecimentos da medicina moderna aliados sobretudo à sua experiência como médico ortopedista da [mtc|Medicina Tradicional Chinesa]] (especialista em Tui-Na) e ao conhecimento de antigos exercícios terapêuticos, o Dr. Zhuang teve como maior objetivo possibilitar a transformação de nosso corpo, permitindo sua mudança de fraco para forte e de doente para saudável. Essa modificação de nosso padrão de saúde é obtida a partir da prática dos exercícios, que visam desbloquear e manter uma circulação apropriada do qi (sopro ou energia vital) correto pelo corpo. Essa circulação plena do qi possibilita o fortalecimento do corpo físico e sua organização em padrões apropriados, tendo em vista o restabelecimento de movimentos naturais.

O Lian Gong em 18 Terapias, em sua forma completa, compõe-se de três partes, sendo cada uma delas composta por 18 exercícios:

1) A primeira parte, chamada de anterior, previne e trata dos desequilíbrios e dores nas articulações, músculos e tendões. As suas três séries têm as seguintes finalidades: 1ª série – prevenir e tratar dores no pescoço e nos ombros; 2ª série – prevenir e tratar dores nas costas e na região lombar; 3ª série – prevenir e tratar dores nos glúteos e nas pernas.

2) A segunda parte, chamada de posterior, previne e trata inflamações nas articulações e tecidos, assim como disfunções orgânicas. As suas 3 séries têm as seguintes finalidades: 4ª série – prevenir e tratar dores nas articulações dos membros superiores e inferiores; 5ª série – prevenir e tratar tenossinovites; 6ª série – prevenir e tratar desordens funcionais dos órgãos internos.

3) A terceira parte é a continuação do Lian Gong em 18 Terapias e é chamada de I Qi Gong (cultivo e beneficiamento do Qi), sendo composta por exercícios para fortalecer as funções do coração e pulmão, atuando sobre as infecções das vias respiratórias.

Algumas características devem ser ressaltadas nessa prática corporal: a) Cada série de exercícios foi criada para atuar sobre uma região específica, agindo para melhorar patologias localizadas, mas, no entanto, o movimento tem a parti-cipação de todo o corpo, ou seja, é global; b) a freqüência da prática torna-se um meio de lidarmos com os fatores que influenciam no surgimento de dores no corpo; c) os movimentos praticados devem ser amplos para que o exercício tenha uma função abrangente e maior seja o trabalho muscular, obtendo resultados mais eficazes no tratamento e prevenção de dores, já que desobstrui o movimento articular, melhora a circulação sanguínea e fortalece a musculatura; d) os movimentos das 18 Terapias são realizados lentamente e de forma contínua. Desse modo, permite-se que as contraturas musculares se dissolvam e as articulações se movam mais livremente, de forma mais natural; e) na prática, os movimentos devem estar coordenados com a respiração (inspira-se pelo nariz e expira-se pela boca), aumentando a capacidade pulmonar, exercitando o diafragma e beneficiando também o sistema circulatório. A respiração mais profunda, através dos movimentos do tórax e do abdômen, realiza uma massagem nos órgãos internos que favorece seu funcionamento; f) a possibilidade de sermos agentes do tratamento por meio do exercício físico é uma característica essencial ao trabalho terapêutico que se desenvolve nesta técnica. O correto aprendizado do Lian Gong em 18 Terapias (tanto na prática quanto na compreensão de sua relação com a [mtc|Medicina Tradicional Chinesa]]) e a orientação de seu professor permitem que o aluno, a partir da consciência de suas necessidades, utilize os exercícios que melhor lhe convêm. A prática desbloqueia os meridianos tendino-musculares, fortalece o qi correto e, conseqüentemente, o sistema imunológico, melhorando o organismo como um todo e restabelecendo a condição de movimentação do corpo.

Devendo estar sempre associada ao estímulo de um sentimento de bem-estar e de saúde, a prática da série completa do Lian Gong em 18 Terapias tem a duração de cerca de 36 minutos. É acompanhada e orientada por uma música executada através de instrumentos tradicionais chineses, em que se anuncia o nome do exercício e, através de uma contagem, é marcado um ritmo que estabelece o tempo de execução adequado à fluência do Qi.

Os exercícios são de fácil execução e acessíveis a pessoas de todas as idades, podendo ser realizados em qualquer lugar sem a necessidade de roupas especiais ou equipamentos. Desta forma, com a disponibilidade de poucos minutos diários, esta prática simples dará uma efetiva contribuição para a manutenção da saúde de seus praticantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *