O Que é Saúde?

By Rafael • • 11 dez 2012

Yin e Yang estão presentes em tudo. Nada é exclusivamente Yin ou exclusivamente Yang. São interdependentes, ou seja, algo só pode ser considerado Yang se comparado a outra coisa que será Yin.

Ashbel de Stutz, Sacerdote Taoísta, Professor de Saúde e Equilíbrio/Tui Na/Shiatsu – Sociedade Taoísta do Brasil

Jornal Tao do Taoísmo – n. 12 índice

Todos nós falamos de saúde, mas, o que é saúde afinal? Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é o bem estar físico, mental e social. A definição clínica é a ausência de sintomas. E a definição taoísta é um equilíbrio energético dinâmico entre o ser humano e a natureza.

As bases do taoísmo são estudadas na forma de símbolos. Estes símbolos são utilizados em todas as artes e representam todas as manifestações possíveis na natureza.

Temos o símbolo do Wu Dji que representa o absoluto não manifestado, o vazio. Depois, temos o Tai Dji que representa o universo manifestado, a onipotência. Até este momento não podemos ainda falar de saúde pois não há a possibilidade de qualquer desequilíbrio. A partir deste ponto temos o primeiro símbolo de um estado fragmentado, o conceito de Yin e Yang. Depois temos as quatro fases, os cinco movimentos, os oito trigramas e cada vez fragmentando mais.

O taoísmo é conhecido como o caminho do retorno. Acreditamos que somos capazes de unir novamente nossa consciência à consciência universal (atingir o estado Tai Dji), e até de voltar ao estado do absoluto (Wu Dji). Isto requer muito trabalho e disciplina e mesmo assim, muitos poucos conseguem. Para atingir estes estados sublimes, é necessário tempo, ou seja, longevidade e saúde.

Seja para um caminho espiritual ou simplesmente para gozar a vida, todos nós precisamos de saúde. Como diz a definição, “um equilíbrio energético dinâmico entre o ser humano e a natureza”, devemos estar em conformidade com as alternâncias observadas na natureza.

Falando um pouco mais de Yin e Yang, esta polaridade pode ser entendida como o princípio pulsátil, rítmico, que está presente em tudo, desde os infinitamente grandes períodos de expansão e contração das galáxias, os ciclos das estações dos anos, a alternância constante dos dias e das noites, os períodos de sono e vigília, atividade e repouso, inspiração e expiração, contração e relaxamento do coração, até os ritmos micros-cópicos de síntese e quebra de moléculas no metabolismo celular. Yang significa literalmente claridade, e Yin obscuridade. O dia é yang, a noite é yin.

Yin e yang estão presentes em tudo. Nada é exclusivamente yin ou exclusivamente yang. São interdependentes, ou seja, algo só pode ser considerado Yang se comparado a outra coisa que será Yin.

Yang é expansivo, claro, bri-lhante, luminoso, quente, ativo, energético, sutil. O sol e o céu são yang.

Yin é contrativo, escuro, fosco, sombrio, frio, passivo, material, denso. A Terra é yin.

Yin e yang estão em constante transformação.

Portanto, devemos sempre procurar o equilíbrio entre Yin e Yang. Por exemplo, se você sente calor em excesso e mora num local quente, deve compensar usando alimentos mais refrescantes (hortelã, grão de bico, melancia, etc.) e usar roupas mais leves e frescas.

Os princípios básicos sobre o equilíbrio entre os opostos – Yin e Yang – permitem chegar a modelos simplificados de reequilíbrio. Isso implica em mudanças da nossa conduta, alimentação e atividades físicas.

Desejo a todos saúde e longevidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *