Seja o Líder do Seu Destino!

By Rafael • • 11 dez 2012

Os caracteres do ideograma chinês “LÍDER Sábio” são compostos por três significados: “DIRIGENTE”, “OUVIDO” e “BOCA”. Representam uma pessoa realista, que atingiu o equilíbrio pessoal e que tudo assimila antes de pronunciar.

Newton Rezende Professor de Arte da Guerra – Sociedade Taoísta do Brasil

Jornal Tao do Taoísmo – n. 12 índice

Segundo SUN TZU, autor do livro A Arte da Guerra, o caminho para a vitória e o sucesso é determinado pela competência do líder. Por isso, os textos milenares taoístas analisam exaustivamente os vários aspectos da liderança sendo, até hoje, fontes de inesgotável fascínio.

Antes de assumirmos o papel de líderes, seja em nossa vida familiar, profissional ou social, devemos refletir sobre a nossa real capacidade. A responsabilidade que reveste o líder, com o peso de suas decisões, pode envolver o destino de muitos. O êxito ou infortúnio dependdem da qualidade de seu poder de análise, do senso de oportunidade, da acuidade de raciocínio, do equilíbrio emocional e da rapidez na ação. Essas qualidades são determinantes para o sucesso na vida familiar e nos empreendimentos.

Liderar é mais que chefiar. É ter percepção das circunstâncias e amplitude de visão. ë enxergar com antecedência e fazer uma avaliação precisa da realidade. É ter o apoio das pessoas e incutir a união de propósitos e ideais comuns. É agir com vigor e detrminação para gerar uma atuação disciplinada. Mais que boas intenções, liderar é um exercício permanente de conscientização e eficácia, com uma carga de humanidade capaz de transformar as vidas dos nossos colaboradores.

Abaixo, uma pequena mostra do que fazer para tomarmos as rédeas de nossa vida e nos transformarmos em líderes de verdade.

Algumas características do líder, segundo SUN TZU:

– SER CONSCIENTE: Não decide avançar apenas pelo desejo de fama, poder e riqueza. Não deixa de recuar se a situação exigir, por temer o descrédito. Age de acordo com as circunstâncias e as oportunidades e nunca por ego, vaidade ou medo. Faz simplesmente o que tem que ser feito respeitando os indicadores da situação e o potencial das pessoas.

– SER PERSPICAZ: Tem capacidade de perceber sinais e prenúncios das tendências conjunturais identificando-as desde o princípio.

– SER PACIENTE: Mesmo os líderes sábios devem saber esperar as circunstâncias adequadas. E elas só podem ser encontradas no momento certo.

– SER PREPARADO: Tem conhecimento de si e de seu negócio. Sabe onde pisa, pois compreende bem o contexto em que está inserido.

– SER CUIDADOSO: Pondera bem todos os aspectos de sua estratégia antes de agir. É alerta e está atento às constantes mudanças em sua organização e no contexto em que está inserida. Cerca-se por todos os lados e pensa inclusive nos detalhes.

– SER CORRETO: Utiliza a justiça para manter a ordem. É imparcial, tem regras claras e as cumpre. É a fonte de equilíbrio e harmonia em sua organização.

– SER ECONÔMICO: Utiliza apenas o suficiente para conquistar objetivos. Emprega recursos com discernimento, pois compreende seu real valor. Não mata mosca com bala de canhão.

– SER DISCRETO, MAS ÁGIL: A princípio, exibe a timidez de uma donzela, depois imita a rapidez de uma lebre. Parece incapaz para desarmar seus competidorese, no momento oportuno, utiliza todos os recursos para assegurar seus objetivos de forma rápida e efetiva.

– SER RESERVADO: Esconde as suas intenções delineando planos insondáveis enquanto descortina os do adversário. Seus colaboradores podem saber os objetivos maiores, mas os detalhes da estratégia devem permanecer em segredo, para que informações importantes não vazem e prejudiquem os planos.

Para escutar, é preciso primeiro ficar em silêncio. Para ver com clareza, é necessário olhar além de nós mesmos. Os líderes utilizam seu tempo para observar, escutar e assimilar as circunstâncias. Assim, eles encontram a solução para obter o máximo de realização com o mínimo de desgaste.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *